FIFA 21 é a aposta da EA para compensar 3º tri decepcionante

A receita ajustada da EA para o trimestre encerrado em 30 de setembro caiu 30,7%, para US$ 910 milhões, ficando abaixo da previsão média de analistas

Ayanti Bera, da Reuters
05 de novembro de 2020 às 18:46 | Atualizado 05 de novembro de 2020 às 18:48
Eletronic Arts; EA

Sede da EA: produtora do FIFA 21 teve lucro abaixo da previsão de analistas no 3º trimestre

Foto: Mike Blake/Reuters

A produtora de videogames Electronic Arts divulgou nesta quinta-feira (5) receita trimestral ajustada abaixo das expectativas de Wall Street, em meio a uma competição intensa gerada pelas medidas de isolamento social.

A receita ajustada da EA para o trimestre encerrado em 30 de setembro caiu 30,7%, para US$ 910 milhões, ficando abaixo da previsão média de analistas, de US$ 971,3 milhões, segundo dados da Refinitiv.

Leia também:
QuintoAndar lança índice imobiliário com base em valor de contratos fechados
Jeff Bezos vendeu mais de US$ 3 bilhões em ações da Amazon nesta semana

A EA espera que as vendas do último trimestre do ano calendário somem US$ 2,35 bilhões ante estimativas do mercado de US$ 2,33 bilhões, apostando em demanda robusta por títulos esportivos como "Madden NFL 21" e "FIFA 21".

Segundo a empresa de medição do mercado videogames, o título de futebol americano "Madden NFL 21", lançado em agosto, foi o terceiro mais vendido em setembro.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook